EQUIPA

No Rossio Gastrobar juntou-se uma equipa de luxo, habilmente foi unida a visão e criatividade do Chef João Rodrigues, com os cocktails originais da Flavi Andrade, a carta de vinhos surpreendente do André Figuinha, a experiência e cumplicidade do Chef Residente João Correia e toda a dinâmica e motivação de uma equipa de sala, bar, cozinha e acolhimento com vontade de exceder as expectativas de todos os que nos visitam.

JOÃO RODRIGUES

Não via a cozinha como uma profissão, mas a ideia acabou por surgir em conversa com a irmã. Inscreveu-se na Escola de Hotelaria de Lisboa, chamaram-no para umas provas e ficou. Os estágios vieram a seguir: o primeiro na cozinha do Sheraton e o segundo na do Ritz.

Começou a trabalhar no restaurante Bica do Sapato em 2003, onde ficou três anos e meio. De lá foi para o restaurante Varanda, do Hotel Ritz, onde trabalhou com os Chefs Stephane Hestin e Sebastien Grospelier, este último com duas estrelas Michelin. Mais tarde, Fausto Airoldi convidou-o novamente para abrir o seu restaurante de cozinha de autor, Pragma desta vez no Casino Lisboa.

Foi considerado chef de L'Avenir em 2015 pela Academia Internacional de Gastronomia, Chefe do Ano em 2016 pelo Guia Boa Cama Boa Mesa e está no top 10 de chefes preferidos do Blog Mesa Marcada desde 2013, tendo ficado em 1º lugar desde 2016.

Em 2009 participou na abertura do Altis Belém Hotel & Spa como sub-chefe do Hotel e chefe residente do restaurante Feitoria. O Feitoria ganhou a sua primeira estrela Michelin em 2012 e tem-na renovado há 7 anos consecutivos. É desde 2013 o chefe executivo do Altis Belém Hotel & Spa, função que acumula com o Rossio Gastrobar e ainda responsável do novo espaço com o seu nome acabado de abrir no Mercado Time Out. 

JOÃO CORREIA

Fez-se cozinheiro no Pestana Palace, com o chef Aimé Barroyer, onde esteve durante dois anos, e de lá saiu para a Bica do Sapato. Reencontrou-se com João Rodrigues no Casino Lisboa, depois de partilharem formação na Escola Superior de Hotelaria. Novamente juntos, fizeram a inauguração do Altis Belém em 2009. Ao fim de cinco anos aceitou o desafio de liderar a cozinha do Altis Avenida Hotel.

Com 14 anos determinado entrou na escola profissional de hotelaria de Lisboau numa turma de pessoas mais velhas, sendo ele o aluno mais novo de sempre foi rapidamente “adoptado” pelos colegas. 

Ribatejano nascido em Santarém, é de Alverca que traz muita da sua inspiração gastronómica, sobretudo no que à comida de conforto diz respeito. Em casa, desde os três anos que queria saber tudo o que se passava na cozinha, o que tornou a opção de cozinha logo no 9º ano, uma opção natural.

ANDRÉ FIGUINHA

Foi enquanto estudava informática de gestão que decidiu mudar de área. Candidatou- se para a copa do restaurante Sal e Pepe mas foi parar à sala e, mais tarde, ao serviço de vinhos. De lá, andou pelo mundo a trabalhar em cruzeiros, viajando por Miami e pelo México até regressar à Europa.

Passou ainda pelo restaurante de Augusto Gemelli e foi lá que se inscreveu no curso de escanção, na escola de hotelaria do Estoril. Saltou para o Altis em 2009, primeiro na Cafetaria Mensagem e logo de seguida para o Feitoria, onde permanece como chef de sala e sommelier.  Responsável por criar toda uma  dinâmica no serviço de sala, que se pretende mais descontraída, mas mantendo uma ligação direta ao Feitoria, não na forma mas no conteúdo..

Uma jovem equipa de sommeliers e uma carta de vinhos equilibrada, com enfoque nos pequenos produtores, mas não só, com referências internacionais e uma vasta oferta de vinho a copo são a imagem de marca desta carta de assinatura de André Figuinha.

FLAVI ANDRADE

Formada em jornalismo foi com a intenção de trabalhar nessa área que veio para a Europa. Rapidamente se foi transformando em bartender, acabando por receber o prémio de melhor barmaid de Portugal, segundo o Lisbon Bar Show, em 2015.

Flavi Andrade transportou os conceitos da cozinha do Chef João Rodrigues para dentro do bar, privilegiando produtos locais e artesanais seguindo a mesma lógica, dai que todos os xaropes, sumos e outros ingredientes são caseiros e preparados diariamente.

O resultado é uma carta de cocktails muito equilibrada, onde cada sabor predominante é o protagonista do cocktail,  que consegue  agradar a diferentes gostos pessoais e acompanhar diferentes pratos do menu.